Viagens Termas

Cuidar de si em férias

 

 Em Portugal, como na Europa, o turismo termal está na moda. Descubra o que torna estes destinos tão especiais

 

 «O momento em que uma pessoa se sente melhor e mais relaxada é aquele em que começa a promover a sua saúde.» As palavras são de Pedro Cantista, presidente da Sociedade Portuguesa de Hidrologia Médica e Climatologia, e dão o mote a uma conversa em que nos desvenda as metas de umas férias termais: praticar exercício, reeducar os hábitos alimentares, caminhar, relaxar física e psicologicamente e, em alguns casos, frequentar programas anti-tabágicos. Em suma: cuidar de si.

 

Bem-estar

 Os especialistas na matéria são unânimes em afirmar que, de uma forma geral, existem dois tipos de termalismo. Um deles, denominado “clássico”  essencialmente de carácter terapêutico, é praticado há milhares de anos reunindo um conjunto de tratamentos realizados com água mineral natural. Segundo Pedro Cantista, «os seus resultados já se encontram cientificamente comprovados em vários tipos de doenças ou situações clínicas, existindo estâncias especializadas nas diferentes patologias».

 Para além dos tratamentos clássicos, considera-se também a existência de um “termalismo de bem-estar” cada vez mais em voga por toda a Europa. Para Pedro Cantista, «neste tipo de termalismo pretende-se promover a adopção de “comportamentos de saúde”, isto é, incentivar a prática de exercício físico, dieta equilibrada, relaxamento físico e psicológico, abandono de hábitos tabágicos, entre outros. Ao abandonar todos os comportamentos de risco que fazem parte do seu dia-a-dia os visitantes terão efeitos visíveis de imediato, por exemplo com a diminuição dos níveis de stress. A médio e longo prazo este termalismo de bem estar constitui um excelente meio de prevenção de doenças crónicas».

O destino perfeito

 A escolha do local onde irá passar uns dias relaxantes deverá ter em conta, acima de tudo, as propriedades terapêuticas que mais lhe convêm. As estâncias estão preparadas para receber termalistas de todas as idades: «A ideia de que algumas termas são mais indicadas para idosos é errada. Os problemas respiratórios e de pele, por exemplo, afectam muito mais as camadas jovens da população. Muitos pais já perceberam isso e fazem questão de levar os filhos aos tratamentos de asma ou alergias que algumas termas disponibilizam», afirma o especialista.

 As termas poderão tratar ou, pelo menos, melhorar os sintomas que afectam as crianças com problemas respiratórios, como a tosse, o entupimento nasal, o cansaço físico e a própria falta de ar. «Os tratamentos termais têm, por um lado, um efeito anti-inflamatório e descongestionante (por ser uma água com uma mineralização adequada, por exemplo sulfatada cálcica e magnesiana) e, por outro, uma acção anti-infecciosa e modificadora do terreno alérgico (por exemplo uma água sulfúrea).»

 

 

Prós e contras

 Em termos dermatológicos, para além das manchas e eczemas que esta água pode ajudar a eliminar, está cientificamente provado que um tratamento termal pode melhorar hidratação cutânea, graças às suas propriedades terapêuticas, oligoelementos e nutrientes, podendo mesmo ser usada em bebés, cuja pele é muito sensível. Outra vantagem da água mineral é o amenizar de queimaduras solares, no Verão, e o combate à secura cutânea, característica do Inverno. Apesar de todas estas vantagens, as termas, como qualquer tratamento, têm uma lista de contra-indicações, reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde. Uma vez que as águas minerais têm uma acção agocítica, ou seja, estimulam o crescimento de todas as células do organismo (sãs ou doentes), não devem ser utilizadas em pessoas com doenças cancerígenas em actividade. Também não são recomendadas a doentes com doenças infecciosas ou patologias descompensadas.

 

Uma tradição milenar

 Se viajarmos no tempo constatamos que já nas civilizações grega e romana a ida às termas era uma prática social com benefícios terapêuticos. Actualmente, o que diferencia o termalismo de outras terapias continua a ser o recurso à água mineral natural. Esta é uma água considerada bacteriologicamente própria, de circulação profunda, com particularidades físico-químicas estáveis na origem (dentro da gama de flutuações naturais), de que resultam propriedades terapêuticas ou simplesmente favoráveis à saúde.

 Na opinião de Pedro Cantista, o segredo do sucesso do termalismo está na conjugação dos benefícios da água termal com factores geográficos e comportamentais. Estes últimos englobam não apenas a tranquilidade que rodeia a estância, mas também factores tão díspares como a cultura e gastronomia das regiões em que esta se insere. Aqui podemos entender pontos comuns ao turismo. Mas o que está em causa é a procura de condições favoráveis à adopção de uma estratégia que favoreça um tratamento ou um comportamento. «Para percebermos isto basta pensarmos num exemplo prático. Sempre que uma equipa de jogadores de futebol vai participar numa competição importante ou iniciar um campeonato, entra em estágio, normalmente num hotel ou estância com todas as condições necessárias à concentração, relaxamento e bem-estar da equipa. É o que acontece com todas as pessoas que passam uns dias numa estância termal», conclui.

 

Ajudas de custo

 A estadia numa estância termal pode ser, em certos casos, reembolsada. Tome nota

Declaração de IRS No caso de tratamentos com indicação terapêutica, pode apresentar a factura na sua declaração anual de impostos, juntamente com a prescrição médica.

ADSE O reembolso para os beneficiários deste sistema será feito mediante a realização de um mínimo de 12 dias de tratamentos, com prescrição médica.

 Seguro de saúde Algumas companhias prevêem o reembolso pela realização de tratamentos termais. Consulte a sua seguradora e confirme se o seu contrato cobre este tipo de tratamentos.

Segurança Social Aplicável nos casos em que foi realizado um mínimo de 14 dias de tratamentos, com prescrição médica. O reembolso depende da prova da impossibilidade de recurso aos serviços oficiais e da autorização do Centro Nacional de Protecção contra os Riscos Profissionais (CNPRP) para acesso a serviços privados. Depende também da necessidade de deslocação e permanência fora do local habitual da residência e do parecer da junta médica quanto à necessidade de cuidados de saúde. Saiba mais em www.seg-social.pt

 

Dicionário aquático

 

 Cada tipo de água condiciona o tratamento a realizar. As mais comuns em Portugal são

Águas sulfúreas Ricas em enxofre, úteis no tratamento de doenças reumáticas, anemias, problemas do foro respiratório e certas dermatoses. A sua ingestão está contra-indicada em casos de hipertensão descompensada.

 Águas bicarbonatadas São normalmente alcalinas e frias. Utilizam-se no tratamento de algumas doenças do foro digestivo.

 Águas sulfatadas Habitualmente ricas em sódio, são normalmente usadas no tratamento de problemas gástricos, dermatológicos, intestinais e na eliminação do ácido úrico.

 Águas hipomineralizadas Aplicadas em problemas do foro metabólico, como a gota ou a diabetes. Algumas são igualmente muito eficazes em patologia cutânea.

 Fonte: www.termasdeportugal.pt

 

Roteiro

 Em Portugal, existem cerca de cinco de dezenas estâncias termais, embora nem todas estejam em funcionamento. Aqui ficam alguns exemplos:

 

- Monção – Viana do Castelo

Indicação terapêutica Doenças do aparelho respiratório, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.hotelbienestartermasdemoncao.com

 

- Gerês – Braga

Indicação terapêutica Doenças do aparelho circulatório, do aparelho digestivo e metabólico-endócrinas

www.aguasdogeres.com

 

- S. Vicente – Penafiel

Indicação terapêutica Doenças reumáticas, músculo-esqueléticas e das vias respiratórias

www.termas-svicente.pt

 

- Chaves – Vila Real

Indicação terapêutica Doenças do aparelho digestivo, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.termasdechaves.com

 

- Vidago Palace Spa – Vila Real

Indicação terapêutica Doenças do sistema nervoso, dos aparelhos respiratório e digestivo, e da pele

www.vidagopalace.com/pt/spa/description

 

- S. Jorge – Santa Maria da Feira

Indicação terapêutica Patologias musculo-esqueléticas, respiratórias e pele

Alcafache – Viseu

Indicação terapêutica Reumatologia, doenças musculo-esqueléticas, pneumologia, otorrinolaringologia

www.termasdealcafache.pt

 

- São Pedro do Sul – Viseu

Indicação terapêutica Doenças metabolico-endócrinas, do aparelho respiratório, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.termas-spsul.com

 

- Curia – Aveiro

Indicação terapêutica Doenças metabólico-endócrinas, dos aparelhos circulatório e nefro-urinário, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.termasdacuria.com

 

- Luso – Aveiro

Indicação terapêutica Doenças dos aparelhos circulatório, respiratório e nefro-urinário, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.maloclinicspa.com/termasdeluso/PT/index.aspx

 

- Unhais da Serra – Castelo Branco

Indicação terapêutica Doenças dos aparelhos circulatório e digestivo, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.h2otel.com.pt

 

- Caldas da Rainha – Leiria

Indicação terapêutica Doenças do aparelho respiratório, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.chcrainha.min-saude.pt

 

- Monte Real – Leiria

Indicação terapêutica Aparelho digestivo, musculo-esquelético e respiratório

www.termasdemontereal.pt

 

- Vimeiro – Torres Vedras

Indicação terapêutica Doenças dos aparelhos circulatório, respiratório, digestivo e de pele

www.ohotelsandresorts.com/pt/hotel-das-termas.html

 

- Nisa – Portalegre

Indicação terapêutica Doenças do aparelho respiratório, de pele, metabólico-endócrinas, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.termasdenisa.pt

 

- Caldas de Monchique – Faro

Indicação terapêutica Doenças dos aparelhos respiratório e digestivo, reumáticas e músculo-esqueléticas

www.monchiquetermas.com

 

- Furnas – São Miguel, Açores

Indicação terapêutica Doenças dos aparelhos respiratório, digestivo e circulatório, músculo-esqueléticas, reumáticas, de pele

- Monfortinho – Castelo Branco

Indicações terapêuticas Doenças do aparelho digestivo e da pele

 

Por Ana Catarina Pereira

  Com Pedro Cantista Presidente da Sociedade

Portuguesa de Hidrologia Médica e Climatologia

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now